Livros da MoçaResenha: ‘Bela Distração’, da Jamie McGuire

beladistracao

Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga.
Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora.
Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door.
Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez.

Nem me lembro quando li “Belo Desastre”, mas me apaixonei instantaneamente por Tavis e Abby Maddox. Todo aquele amor e devoção era mesmo um desastre. Graças à história, passei a ler vários romances com bad boys tatuados e me divertindo horrores! Quando descobri que a autora planejava uma série dedicada exclusivamente aos irmãos Maddox, fiquei estasiada. Por alguns instantes…

Trenton é o irmão que mais tem destaque em Belo Desastre, então era uma decisão lógica ele ser o próximo a ter sua própria história. A narrativa é paralela à história de Belo Desastre e vemos o antes de depois de Travis na trama, como um bônus.

Começamos a história com Cami que está decepcionada (mais uma vez) com o namorado misterioso que nunca tem tempo para ela. T.J. mora em outro estado e quase não tem tempo para falar com ela graças ao trabalho. Ela resolve sair com sua melhor amiga e companheira de apartamento e revê seu antigo colega de sala, Trenton.

Ela se lembra da reputação de Trent na escola e no campus da universidade, lógico. Típico bad boy com bom coração, Trent é mulherengo, mas gosta de crianças e ainda mora com o pai para ajudá-lo com as contas. O clima é óbvio entre os dois, mas Cami reluta. Ela tem um namorado, oras, e um segredo que coloca em risco sua relação com Trent.

Mas tudo cai por terra quando ela precisa ajudar seu irmão caçula e necessita de um segundo emprego. Trent vem ao seu socorro e consegue que ela trabalhe como recepcionista no estúdio de tatuagem que ele trabalha.

O suspense é o que mantém a história e os separa a cada passo do caminho. Isso e a vontade que Trent tem de ficar com Cami. Ao contrário de T.J., ele faz Cami sua prioridade e faz tudo por ela.

Juro que tentei duas vezes ler o livro antes, não conseguia engrenar na leitura. Uma foi em inglês e a outra foi em português. A terceira foi a da sorte. Fiz o combo Distração + Redenção (História do Thomas) e fiquei satisfeita! Bela Distração é o que o nomo diz, uma distração. A história vem com mais do mesmo, nada muito marcante. O segredo era óbvio, o que não me impediu de ver a resposta nas últimas páginas do romance. Um costume não muito rotineiro, mas inevitável em algumas vezes.

Gostei muito de Trent, ele é parecido e diferente de Travis. Não tem a alma traumatizada, mas ama tão intensamente quanto. Ficaram alguns (vários) pontos ficaram em aberto, o que eu foi muito ruim. Um deles era seríssimo e achei descuido por parte da Jamie deixá-lo sem uma solução mais efetiva.

Eu gostei da leitura como um passatempo e uma forma de matar as saudades dos meninos Maddox. Eu volto com a resenha de Bela Redenção!

Classificação: Três tatuagens do Trent.

Assinatura Isa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *