Músicas da MoçaTOP 100: Músicas que eu nunca paro de ouvir – Parte 4

tumblr_mgmshoFCW81rrpm57o1_1280

A maior parte da minha lista de favoritos já foi. Boa parte das músicas que são incondicionalmente amadas por mim já foram nas três partes anteriores. Continuando a misturar as datas, algumas músicas que estão nessa parte são muito (tipo, muito mesmooo) recentes. Porém já carregam um lugar enorme em meu coração.

New Romantics – Taylor Swift

ALL THE FEELS PRA ESSA MÚSICA. Ela TEM que ser algo além de uma faixa bônus. A música tem textura, estrofes bem pensadas e tudo bem amarrado. Como disse na resenha do álbum, tudo desde ‘trust mine is better’ até os ‘rumours are terrible and cruel / but honey, most of them are true’, é de tirar o fôlego. Ela tem aquela aura de sacudir as coisas e dar a volta por cima, usando como base quem está do seu lado.

Não consegui achar nenhum vídeo no YouTube para colocar essa música, então vai ela aqui na página mesmo.


No Control – 1D

WAKING UP / BESIDE YOU I’M A LOADED GUN / I CAN’T COUNTAIN THIS ANYMORE / I’M ALL YOURS / I’VE GOT NO CONTROL / POWERLESS / AND I DON’T CARE IT’S OBVIOUS / JUST CAN’T GET ENOUGH FROM YOU / THE PEDAL IS DOWN / MY EYES ARE CLOSED / NO CONTROL

Essa música TEM QUE virar single. Esquece todo o resto de Four e façam um clipe dessa música. PELO AMOR DE DEUS. Louis é a estrela da música e espero poder cantar um dia a plenos pulmões ao vivo num show deles.

Como a música não é um single, achei essa versão feita por uma fã, que honestamente é tudo o que eu quero como clipe <3.

Spotlight – Jennifer Hudson

Eu conheci essa música após a estreia de “Dreamgirls”, musical (divo) que tem a Beyoncé, Jamie Foxx, Eddie Murphy e Jennifer Hudson nos papéis principais. Jen participou do American Idol, não chegou a ganhar. Mas em compensação levou um Oscar e Grammy pra casa. Essa música é ótima para aquela pessoa que te tenta colocar na sombra porque ela está tão preocupada em brilhar que esquece de você. O problema não é a pessoa brilhar, é ela não querer que você tenha o seu momento. E a vida está cheia de gente assim…

***Flawless – Beyoncé (com o feat. de Nicki ou não)

BOW DOWN, BITCHES! Vou falar que Beyoncé é uma deusa mais uma vez. Essa música me faz sentir foda. Que eu posso conquistar o mundo. I WOKE UP LIKE  THIS! Não importa o que, como e quem eu sou. I’m THE boss. Versão original abaixo, pois o discurso de Chimamanda resume o que eu sinto.

 No Faith In Brooklin – Hoddie Allen

Música para aquela pessoa que era para ser e não foi. Se um dia você falar com essa pessoa, conte tudo o que você sentia, ou não. Mas com certeza você vai pensar no que poderia ter sido a vida com ela.

Dancing On My Own – Robyn

Uma das músicas que eu descobri através do 8 tracks. Eu sou uma dramática de nascença (para quem acredita, sou de câncer) e essa música toca em todas as feridas. Além de ter uma letra de chorar rios, a aura oitentista me faz querer dançar até o dia amanhecer sozinha num estupor de um coração ferido. Sou sempre a pessoa do canto que olha o casal desejando ter algo assim.. Sad but true. Mas bora dançar sozinha. Antes só do que mal acompanhada!

Bang Bang – Jessie J feat. Ariana Grande e Nicki Minaj

BANG BANG INTO THE ROOM! Ótima para levantar os ânimos depois da depressão da música anterior, o retorno de Jessie J veio acertado na parceria com Ari e Nicki. A música que sacode até defunto está indicada para o Grammy 2015 de melhor parceria. Veremos se as meninas levam o gramofone para a casa.

The Way – Ariana Grande feat. Mac Miller

Sou uma romântica incorrigível. E tosca. Acredito piamente que ainda vou achar um cara que seja meio que um “bad boy” e ele vai se apaixonar horrores por mim. Como dizem, é difícil não se apaixonar por um bad boy que seja um bom homem… Por isso adoro a música. Ela também tem aquela aura meio besta e divertida, totalmente retrô.

O clipe causou polêmica para os fãs de Ariana. Rolaram altos boatos que ela traiu o namorado da época com o cara do feat durante as gravações. Sei lá o que pensar sobre isso além de achar o clipe meio ruinzinho…


 22 – Taylor Swift

Ainda na vibe “you look like bad news, i’ve gotta have you”, 22 é para dar a louca cazamiga. Querer alguém que não é tão legal, se vestir de hipster e zoar os ex. Só que claro. Esperando 2016 que nem louca para poder cantar “I DON’T KNOW ABOUT YOU / BUT I’M FEELING 22!” durante o meu anivesário. Óculos em formato de coração e chapéu NÃO são opcionais. A tiara de gatinha também não.


Suit & Tie – JT feat Jay Z

Pra fechar, música do divo Justin Timberlake. Depois de sete longos anos de espera o álbum 20/20 Experience foi uma surpresa e tanto. Bem sonoro, retrô ( e o que não é hoje em dia?), não se pode discutir a qualidade do álbum. O dueto com Jay Z é algo muito foda, como toda a aura de Jackson 5 e big bands de Nova Orleans. Algum voluntário de terno e gravata?

Assinatura Isa

One thought on “TOP 100: Músicas que eu nunca paro de ouvir – Parte 4

  1. Beneleme

    Gosto muito da cantora Taylor Swift , bem estilosa e representa bem a mulher independente e poderosa, digna de si mesma. Muito boa a matéria parabéns!

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *