Category Archives: Filmes

Filmes da Moça

Montanha Russa Emocional: “Divertidamente”, da Pixar

divertida-mente-009

Vista da sala de comando

Pixar reina absoluto quando o assunto é animações cinematográficas. Sonho em trabalhar em um ambiente tão criativo e inspirador, onde fazer o melhor é regra e não exceção. Assisti (quase) todos os filmes – Carros 2 e aquela coisa de avião não contam como filmes geniais – e me surpreendo cada vez mais.

A premissa de Divertidamente é simples: mostrar a bagunça que fica dentro da mente de uma garota de onze anos quando ela se muda para um outro estado. Com toda a confusão na sala de controle (cérebro), Alegria e Tristeza, as nossas heroínas e emoções protagonistas, se desentendem e saem da sala de controle.

Apesar desse começo básico, são os detalhes desta história que mostram o porque da Pixar ser líder de audiência do gênero. Continue reading

Filmes da Moça

Saia do Armário: G.B.F.

upow3b2a

Mais fabulosa do que essa foto só o filme!

Na disputa para ser a mais popular do colégio, Caprice, Fawcett e ‘Shley estão em busca de um elemento na moda: um amigo assumidamente gay. Quando descobrem que Tanner é homossexual, decidem transformar este rapaz tímido em um garoto extravagante e superficial. Mas aos poucos Tanner percebe que esta não é a sua personalidade, e que os seus verdadeiros amigos foram deixados para trás.

FABULOSO! Eu conheci esse filme através de uma resenha do Conversa Cult e morri de vontade de vê-lo. Acabei esquecendo dele por um tempo, mas quando o encontrei no Netflix semana passada não resisti e tive que vê-lo. Dando seguimento à uma fabulosa dinastia, G.B.F. dá continuidade para um dos meus gêneros favoritos, os filmes adolescentes. Trazendo uma nova roupagem para os anos 2010, G.B.F. traz a mais nova minoria social, os Gays.

Continue reading

Filmes da Moça

Chore rios: Uma Prova de Amor

my_sisters_keeper_image26

Sara (Cameron Diaz) e Brian Fitzgerald (Jason Patric) são informados que Kate (Sofia Vassilieva), sua filha, tem leucemia e possui poucos anos de vida. O médico sugere aos pais que tentem um procedimento médico ortodoxo, gerando um filho de proveta que seja um doador compatível com Kate. Disposto a tudo para salvar a filha, eles aceitam a proposta. Assim nasce Anna (Abigail Breslin), que logo ao nascer doa sangue de seu cordão umbilical para a irmã. Anos depois, os médicos decidem fazer um transplante de medula de Anna para Kate. Ao atingir 11 anos, Anna precisa doar um rim para a irmã. Cansada dos procedimentos médicos aos quais é submetida, ela decide enfrentar os pais e lutar na justiça por emancipação médica, de forma a que tenha direito a decidir o que fazer com seu corpo. Para defendê-la ela contrata Campbell Alexander (Alec Baldwin), um advogado que cuidará de seus interesses.

 

Baseado no livro A Guardiã da Minha Irmã, o filme Uma Prova de Amor tem um elenco de muitos nomes famosos: Cameron Diaz, Joan Cusack, Alec Baldwin e Abigail Breslin em alguns dos papéis principais. Vou contar: chorei pra ca****. Na metade do filme já estava com lágrimas nos olhos e assoando o nariz. Minha mãe ficou espantada por eu ter chorado tanto. Continue reading

Filmes da Moça“Será Que?” esse filme é bom?

74611

Fiquei fazendo essa pergunta o filme inteiro…

Wallace (Daniel Radcliffe) está sozinho há um ano, após terminar com a namorada depois de vê-la com outro homem. Encerrado o período de luto pelo fim do relacionamento, ele acredita que é hora de seguir em frente. Um dia, em uma festa organizada pelo melhor amigo Allan (Adam Driver), ele conhece Chantry (Zoe Kazan), a prima dele. Não demora muito para que o papo entre eles flua naturalmente e Wallace se ofereça para levá-la até em casa. Mas, ao chegar, ele descobre que Chantry tem um namorado, Ben (Rafe Spall), o que o desanima. Dias depois, Wallace e Chantry se reencontram por acaso e, após uma rápida conversa, decidem ser apenas amigos. A partir de então, eles andam juntos por tudo quanto é canto, apesar de Wallace nutrir um sentimento romântico por ela.

Acho que esse é o primeiro filme que eu assisto em que Daniel Radcliffe não é o Harry Potter (<3), e, que fique claro, ele não me decepcionou, já que não esperava grande coisa dele. O filme em si me decepcionou. Prometendo ser uma versão moderna de “Harry & Sally” (que eu não vi, então não posso comparar), achei que o filme é fraco. Sem muito o que tirar de lição, de boas frases ou até mesmo de entretenimento.

Continue reading

Filmes da Moça1994 – 2014: Coisas que me fizeram sentir-me muito velha

oldest_person_dies_fran

Nasci em 12 de julho de 1994, completando então duas décadas de existência neste ano de 2014. Vou dizer o que senti: ESTOU VELHA! Conclusão: Estou na crise dos vinte anos.

Algumas amigas se queixaram deste “mal”, alegando que assim que fizeram aniversário pararam para pensar em suas vidas. Eu pensava que isso só chegava aos 40, a famosa “meia-idade”.

Aos vinte anos, minha mãe já era casada e mãe (não de mim ainda. Eu só nasceria duas semanas antes dela completar 22). Nos meus vinte anos eu nem penso muito em casamento, filhos então? Não nos próximos dez anos no mínimo.

Abaixo seguem os marcos que me fizeram sentir velha (desnecessariamente)

Continue reading