Tag Archives: Livros da Moça

Seja uma #GIRLBOSS: Resenha do livro de Sophia Amoruso

Sophia Amoruso passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso.

Toda vez que vou a Bienal do Livro em SP compro um livro que não está na “promoção”. Este pode ser um livro que estou desejando há um tempo, uma vontade súbita ou um lançamento do ano. Em 2012 foi ACEDE. Em 2014, o fofo Fangirl da Rainbow maravilhosa. Este ano foi #GIRLBOSS.

Continue reading

Livros da Moça

C’est courageux d’aller dans l’inconnu: Apenas Um Dia, Gayle Forman

IMG-FB-apenas-um-dia

Sinopse: A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida.
Apenas um Dia fala de amor, mágoa, viagem, identidade e sobre os acidentes provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro… Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos.

Continue reading

Livros da Moça

Será que conta para as aulas de JOR? “Anexos”, da Rainbow Rowell

Anexos-de-Rainbow-Rowell

 

Beth Fremont e Jennifer Scribner-Snyder sabem que alguém está monitorando seus e-mails de trabalho. (Todo mundo na redação sabe. É política da empresa.) Mas elas não conseguem levar isso tão a sério, e continuam trocando e-mails intermináveis e infinitamente hilariantes, discutindo cada aspecto de suas vidas.
Enquanto isso, Lincoln O’Neill não consegue acreditar que este é agora o seu trabalho ler os e-mails de outras pessoas. Quando ele se candidatou para ser agente de segurança da internet, se imaginou construindo firewalls e desmascarando hackers e não escrevendo um relatório toda vez que uma mensagem esportiva vinha acompanhada de uma piada suja. Quando Lincoln se depara com as mensagens de Beth e Jennifer, ele sabe que deveria denunciá-las. Mas ele não consegue deixar de se divertir e se cativar por suas histórias. No momento em que Lincoln percebe que está se apaixonando por Beth, é tarde demais para se apresentar. Afinal, o que ele diria…?

Livro com um formato diferente e se passando em uma redação de jornal na virada do milênio. Rainbow Rowell e vários personagens fofos. Lógico que passou para o topo da lista de leitura. Continue reading

Livros da Moça

Mais Maddox: ‘Bela Redenção’, da Jamie McGuire

beautiful.redemption.cover

Para falar a verdade, nem sei se lançou aqui no Brasil. E já aviso: TEM SPOILERS DE BELA DISTRAÇÃO E BELO DISASTRE!!! Se não leu nenhum dos dois livros, TA XERETANDO O QUE AQUI?

TEM-SPOILER-PORRA

SABIA que ia conseguir usar esse gif um dia. Roubei do Conversa Cult.

Se fosse ama os meninos Maddox e leu os supracitados livros, continue a ler a minha resenha. Fiz com amor e carinho <3.

Continue reading

Livros da MoçaResenha: ‘Bela Distração’, da Jamie McGuire

beladistracao

Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga.
Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora.
Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door.
Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez.

Nem me lembro quando li “Belo Desastre”, mas me apaixonei instantaneamente por Tavis e Abby Maddox. Todo aquele amor e devoção era mesmo um desastre. Graças à história, passei a ler vários romances com bad boys tatuados e me divertindo horrores! Quando descobri que a autora planejava uma série dedicada exclusivamente aos irmãos Maddox, fiquei estasiada. Por alguns instantes…

Continue reading

Livros da MoçaLivros da Meta de Leitura 2015

tumblr_static_tumblr_m8452cdc7w1qc0i43

Uma das metas de 2015 era ler, ler e ler. Principalmente qualquer coisa que estiver ao meu alcance, mas muitos livros. Até agora, eu só li apenas um livro novo. Todos os outros foram releituras, somando 17 no total. Aqui vai a lista de livros novos que eu desejo ler ainda este ano, apesar dos meus finais de semana serem dedicados ao temido TCC. E fiquem espertos! Assim que conseguir ler cada um deles, vem uma resenha aqui no blog! Clica e fique sabendo qual são os que estão no topo da lista.

Continue reading

Livros da Moça Resenha: Fangirl, de Rainbow Rowell

FANGIRL_CoverDec2012
Sinopse: Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso.

Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real. Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto.

Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências. Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

Eleanor & Park me deu all the feels enquanto lia e assumiu rapidamente para o posto de livro favorito. Delicado, profundo e doce , Rainbow Rowell sabe como te conquistar ao escrever assuntos com muita delicadeza.

Eu conheci Fangirl primeiro, através de uma resenha no Nem Um Pouco Épico. Joguei ele de lado e corri para ler Eleanor antes. Fangirl foi lançado pela Novo Século aqui no Brasil em Agosto. Continue reading

Livros da MoçaResenha: Isla and The Happily Ever After, de Stephanie Perkins

Isla and The Happily Ever After

Apaixonei na capa de Isla, que fez a coleção toda trocar de visual. Quero todas! <3 Mal posso esperar pelo relançamento dos livros antigos.


Sinopse: ”Das brilhante ruas de Manhattan para o luar nos telhados de Paris, se apaixonar é fácil para uma sonhadora incorrigível como Isla e um artista introspectivo como Josh. Mas, quando eles começam o seu último ano na França, Isla e Josh são rapidamente forçados a enfrentar a realidade dolorosa que felizes para sempre nem sempre são para sempre.

Sua viagem romântica é habilmente entrelaçada com as dos amados casais Anna e Étienne e Lola e Cricket, cujos caminhos são destinados a colidir em um final arrebatador certo para agradar fãs antigos e novos…”

Quando descobri Stephanie Perkins, eu estava na minha fase “Paris”. Estava fazendo Francês e adorando tudo o que a terra da Torre Eiffel poderia oferecer: inspiração, boa comida, paisagens lindas e muito romance. “Anna e o Beijo Francês” foi uma das minhas melhores leituras de 2011 e Étienne St. Clair entrou para meu coração literário.

Aguardei ansiosamente “Lola e o Garoto da Casa ao Lado”. Não era a continuação, mas outra história que Anna e Étienne apareciam, com a adição de Lola e Cricket (<3). Era mais amor em uma cidade legal; agora, a escolha era São Francisco. Li sem grandes expectativas e adorei.

Stephanie anunciou o fecho da trilogia e eu me esqueci de esperar até que descobri que finalmente ela havia sido lançada lá fora. Como estou treinando meu inglês e só lendo livros nessa língua, li sem pensar duas vezes. Isla and the Happily Ever After furou a lista de livros que eu tinha pensado Continue reading

Livros da MoçaAll The Feels: Eleanor & Park, da Rainbow Rowell

Eleanor-Parl-Raibown-Rowell

Ainda estou muito chocada para falar. O livro não é chocante. É agridoce. Ele coloca suas esperanças para cima para depois acabar com tudo. Eu realmente achei que eles iam conseguir apesar da introdução.

A leitura foi em inglês (minha primeira, yey!), mas não foi tão difícil quanto eu achei que seria. A escrita da Rainbow Rowell é muito simples e fácil de ser compreendida.

RESUMO:

Eleanor é a nova garota na cidade e ela nunca se sentiu tão sozinha. Vestida com peças de roupas que não combinam, cabelo vermelho bagunçado e uma vida caótica em casa, ela não poderia chamar mais atenção. Então ela se senta ao lado de Park no ônibus escolar. Quieto, cuidado e – nos olhos de Eleanor – impossivelmente descolado, Park decidiu que voar fora do radar é o melhor jeito de sobreviver na escola. Devagar, constante, com conversas até tarde da noite e uma grande quantidade de mixtapes, Eleanor e Park se apaixonam. Eles se apaixonam da mesma forma que você  se apaixona pela primeira vez, quando você tem 16 anos e nada e tudo a perder. O livro se passa ao longo de um ano escolar em 1986. Engraçado, triste, chocante e verdadeiro, Eleanor & Park é uma viagem nostálgica para aqueles que nunca esqueceram seu primeiro amor.

Continue reading