TOP 100: Músicas que eu nunca paro de ouvir – Parte 5

music-wallpaper

TARDO, MAS FALHO! Chegamos na metade do meu Top 100 com mais dez músicas que sei cantar de olhos fechados. A música continua muito importante para mim, porém meus favoritos vão mudando com o tempo. Duas bandas repetidas nesta parte, mas as músicas são tao incríveis que não pude deixar de fora!

Partes Um, Dois, Três e Quatro para relembrarmos de onde vim.

Jealous – Nick Jonas

Eu nunca achei que um dia os Jonas Brothers iam se separar quando era mais nova. Acabar sim. Separar não. Eu ficar feliz com isso é uma surpresa maior ainda. Esse Nick 2.0 que apareceu me surpreendeu e quando as fotos dele de cueca saíram, nunca fui tão lembrada na vida. Eu prefiro o toque da Tinashe no remix, mas sei cantar essa versão tão bem quanto a remix.
Achei o clipe meio tosco e acho a presença da (ex-namorada) Olivia Culpo dispensável…

Rollercoaster – Bleachers

Uma coisa que me faz considerar uma música boa logo de cara é o quanto ela me enche de sentimentos. Qualquer que seja: Felicidade, Tristeza, Poder, Calma, Esperança… A única coisa que consigo pensar para explicar é essa citação de ACDE: “Às vezes, um livro enche você de um estranho fervor religioso, e você se convence de que esse mundo despedaçado só vai se tornar inteiro de novo a menos que, e até que, todos os seres humanos o leiam.” No caso é musica, mas deu para entender. Depois de escutá-la senti uma coisa inexplicável. “Man, I’m never the same / We were shot gun lovers / I was shot gun running away!”

Style – Taylor Swift

É meio besta colocar esta música aqui depois da resenha do álbum, mas fiz isso com New Romantics. Não gostei do clipe, o que tenho na minha cabeça é ligeiramente melhor e mais a ver com a letra, na minha (não tão) humilde opinião.
Relembrando: “Me conquistou instantaneamente quando escutei o álbum pela primeira vez em 2014. Sinto um pouco de ressentimento vindo nas entrelinhas da música, mas que é posto de lado uma vez que ela começa a falar sobre o cara e a relação deles.”
Achei legal os olhos do cara que participa no clipe. Não costumamos ver pessoas com heterocromia na mídia. Fora isso nada demais… A coisa mais legal foi o colar de avião de papel, QUE EU DESESPERADAMENTE QUERO desde que vi no pescoço do Harry Styles. (I see what you did there, Miss Swift…)

Different Collors – Walk The Moon

Ironicamente, só conheci essa música quando vi o trailer de “Cidades de Papel” durante uma propaganda no YouTube e tive um mini heart attack. ADOREI conhecer WTM este ano e me apaixono cada vez mais por eles a cada música que descubro. Gosto das letras e da pegada indie. Nicholas Petricca e Kevin Ray são uns bombonzinhos. Acho legal eles pintarem o cabelo também. Este tipo de música é para se escutar enquanto você “crank the dial to the right”. O clipe oficial é ruim, é aquela coisa batida que toda banda faz alguma vez na vida. Pegam uma música ótima e não fazem virar clipe com história e sim com bastidores. É uma ‘boxta’. O lyric video é muito melhor e tem toda a aura da música.

Ooh La La – Goldfrapp

Eu ia colocar o video  da música, MAAAAAAAAS (e bota mais ‘as’ nisso) decidi colocar o trailer de Magic Mike XXL para deleite das moças que me leem. Essa música tocava em algum comercial quando eu era mais nova, tenho certeza disso. E eu esquisita como sou, eu adoro músicas de comerciais e trilhas sonoras de filmes, penei para descobrir o nome da bendita. Anotei em algum papel que deve ter ido para o lixo há muito tempo. Essa joia apareceu novamente na minha vida ao ver que uma ex-professora minha compartilhou o trailer justamente por causa dessa música. Sexy as hell, todo mundo merece um Channing Tatum, Matt Boomer e um Joe Manganiello na vida.

Ta quente né?


Secrets – One Republic

Conheci essa música no filme ‘Aprendiz de Feituceiro’, que só assisti porque vi que iriam recriar a infame cena de ‘Fantasia’, onde tocam a peça de Paul Dukas (uma das minhas favoritas EVER), que o Mickey faz cagada na tentativa de evitar a fadiga. Eu gosto das letras de Ryan Tedder, apesar de ter asco de Apologize. Secrets é linda, principalmente com o toque de ‘Cello’. Me faz ter vontade de ter batido o pé quando era criança para ter tido as desejadas aulas de balé e sair rodopiando por aí.
IMMA LET YOU FINISH BUT: Sou apaixonada mesmo pela versão em que aparece no filme (e fizeram uma versão estendida, para meu deleite) com a bobina de Tesla recriando a melodia principal da música. <3 Coloquei em vários CDs que fiz uma vez para dar de presente para algumas pessoas. Espero que elas tenham gostado tanto quanto eu.

Shiver, Shiver – Walk The Moon

Eu gosto da aura despreocupada dessa música e como a letra é simples. A dancinha ridícula também me conquistou quando conheci a música através do clipe. Sonho em ter amigos loucos dispostos a pagar o mico de recriar este video clipe comigo. É muito tosco e perfeito. Será que um dia consigo?
Também desejo alguém que me dê arrepios quando está perto de mim <3.

Girlfriend – Avril Lavigne

Meu toque de  celular de 2009 a 2012/13. Me sentia demais sempre que escutava essa música. E toda vez que ela toca, várias pessoas se lembram de mim. Eu gostei da fase roqueira patricinha da Avril e adorei o álbum The Best Damn Thing. Desde essa época desejo pintar uma parte do cabelo de rosa. Nada bate os primeiros hits e ainda escuto Sk8r Boy até hoje. Mas a dancinha na ponte e duas Avrils no mesmo clipe não desapontam ninguém.

I Wanna Get Better – Bleachers

Conheci Jack Antonoff através dessa música (mentira, já tinha visto ele no Fun., mas nunca liguei o suficiente). Ela tem essa entrada impactante e uma letra que é um grito de esperança e um soco na cara ao mesmo tempo. É umas dessas músicas que eu vou colocar no máximo enquanto estiver dirigindo, gritando “HEY / I WANNA GET BETTER!”. O clipe é meio estranho, mas totalmente relacionado à letra. Totalmente clichê colocar o psicólogo desajustado como personagem principal.

 C’mom C’mom – One Direction

Pra encerrar o Top 100 Parte 5, meus amores. Vergonha alheia falar que essa é uma das minhas favoritas. Mas eu não esperava que o Zayn cantando “The one that I came with  / she had to go / But you look amazing / Standing alone” e na ponte “Yeah / I’ve been watchin you all night / There’s somethin’ in your eyes ” me derrete de tão fofo. É puro pop farofa e um total guilty pleasure sem muita culpa. O que me conquistou foi a dancinha ridícula que Harry, Louis e Liam fizeram num vídeo e repetem nos shows, mas garanto que o motivo maior foi ver Styles cantando junto com cara de trouxa. Eles nunca se pareceram tanto com uma boyband. Outra música que eu tenho o vídeo montado na minha cabeça.

One thought on “TOP 100: Músicas que eu nunca paro de ouvir – Parte 5

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *